quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Feliz Natal! é Tempo de Renascer...


Entender o verdadeiro significado do natal é vivenciar o nascimento do salvador todos os dias de nossas vidas.  De nada adianta o Cristo nascer mil vezes em Belém se Ele não nasce no coração do homem também.


Que neste Natal o Menino Jesus faça renascer novos tempos de amor, paz, alegria, harmonia nas nossas vidas e de nossos Familiares!

terça-feira, 4 de novembro de 2014

A única barreira entre nós e o amor de Deus é o nosso livre arbítrio e Jesus Cristo é a porta...

"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A salvação é um dom gratuito que foi comprado e pago pelo sangue de Cristo. Não há outra maneira. "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão" (Gálatas 2:21). Você não pode ganhar o perdão de Deus através de boas obras. Como poderiam as boas obras que você deveria ter feito toda a sua vida compensar pelas incontáveis falhas? Deus não é tolo. "Mesmo que você se lave com soda e com muito sabão, a mancha da sua iniqüidade permanecerá diante de mim..." (Jeremias 2:22).
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A salvação é um dom gratuito que foi comprado e pago pelo sangue de Cristo. Não há outra maneira. "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão" (Gálatas 2:21). Você não pode ganhar o perdão de Deus através de boas obras. Como poderiam as boas obras que você deveria ter feito toda a sua vida compensar pelas incontáveis falhas? Deus não é tolo. "Mesmo que você se lave com soda e com muito sabão, a mancha da sua iniqüidade permanecerá diante de mim..." (Jeremias 2:22). - See more at: http://www.allaboutphilosophy.org/portuguese/o-amor-de-deus.htm#sthash.fb0Wluiq.dpuf
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A salvação é um dom gratuito que foi comprado e pago pelo sangue de Cristo. Não há outra maneira. "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão" (Gálatas 2:21). Você não pode ganhar o perdão de Deus através de boas obras. Como poderiam as boas obras que você deveria ter feito toda a sua vida compensar pelas incontáveis falhas? Deus não é tolo. "Mesmo que você se lave com soda e com muito sabão, a mancha da sua iniqüidade permanecerá diante de mim..." (Jeremias 2:22). - See more at: http://www.allaboutphilosophy.org/portuguese/o-amor-de-deus.htm#sthash.fb0Wluiq.dpuf
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A salvação é um dom gratuito que foi comprado e pago pelo sangue de Cristo. Não há outra maneira. "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão" (Gálatas 2:21). Você não pode ganhar o perdão de Deus através de boas obras. Como poderiam as boas obras que você deveria ter feito toda a sua vida compensar pelas incontáveis falhas? Deus não é tolo. "Mesmo que você se lave com soda e com muito sabão, a mancha da sua iniqüidade permanecerá diante de mim..." (Jeremias 2:22). - See more at: http://www.allaboutphilosophy.org/portuguese/o-amor-de-deus.htm#sthash.fb0Wluiq.dpuf
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A salvação é um dom gratuito que foi comprado e pago pelo sangue de Cristo. Não há outra maneira. "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão" (Gálatas 2:21). Você não pode ganhar o perdão de Deus através de boas obras. Como poderiam as boas obras que você deveria ter feito toda a sua vida compensar pelas incontáveis falhas? Deus não é tolo. "Mesmo que você se lave com soda e com muito sabão, a mancha da sua iniqüidade permanecerá diante de mim..." (Jeremias 2:22). - See more at: http://www.allaboutphilosophy.org/portuguese/o-amor-de-deus.htm#sthash.fb0Wluiq.dpuf
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A salvação é um dom gratuito que foi comprado e pago pelo sangue de Cristo. Não há outra maneira. "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão" (Gálatas 2:21). Você não pode ganhar o perdão de Deus através de boas obras. Como poderiam as boas obras que você deveria ter feito toda a sua vida compensar pelas incontáveis falhas? Deus não é tolo. "Mesmo que você se lave com soda e com muito sabão, a mancha da sua iniqüidade permanecerá diante de mim..." (Jeremias 2:22). - See more at: http://www.allaboutphilosophy.org/portuguese/o-amor-de-deus.htm#sthash.fb0Wluiq.dpuf
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A salvação é um dom gratuito que foi comprado e pago pelo sangue de Cristo. Não há outra maneira. "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão" (Gálatas 2:21). Você não pode ganhar o perdão de Deus através de boas obras. Como poderiam as boas obras que você deveria ter feito toda a sua vida compensar pelas incontáveis falhas? Deus não é tolo. "Mesmo que você se lave com soda e com muito sabão, a mancha da sua iniqüidade permanecerá diante de mim..." (Jeremias 2:22). - See more at: http://www.allaboutphilosophy.org/portuguese/o-amor-de-deus.htm#sthash.fb0Wluiq.dpuf
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14:6). A salvação é um dom gratuito que foi comprado e pago pelo sangue de Cristo. Não há outra maneira. "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão" (Gálatas 2:21). Você não pode ganhar o perdão de Deus através de boas obras. Como poderiam as boas obras que você deveria ter feito toda a sua vida compensar pelas incontáveis falhas? Deus não é tolo. "Mesmo que você se lave com soda e com muito sabão, a mancha da sua iniqüidade permanecerá diante de mim..." (Jeremias 2:22). - See more at: http://www.allaboutphilosophy.org/portuguese/o-amor-de-deus.htm#sthash.fb0Wluiq.dpuf

“O amor de Deus é como o vento, o qual você não vê, mas sente, e durará para sempre!”

“Nenhum obstáculo é grande demais quando confiamos em Deus.” Aristóteles

querido-deus2

A Carta de Amor de Deus Para Você!

Contador de Visitas Gratis

DEUS é AMOR!!

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
1 Coríntios 13:4-7

 Respondeu Jesus: " 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento'. Este é o primeiro e maior mandamento. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas".
Mateus 22:37-40


 Porque nisto consiste o amor a Deus: em obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados.
1 João 5:3

Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.
Romanos 5:8

 Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida com Cristo quando ainda estávamos mortos em transgressões - pela graça vocês são salvos.
Efésios 2:4-5

Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, visto que Deus assim nos amou, nós também devemos amar uns aos outros.
1 João 4:9-11

O Amor de Deus!


 Deus é amor: Como Deus define amor?

 A Bíblia nos diz que "Deus é amor" (1 João 4:8). Mas como podemos começar a entender essa verdade? Há várias passagens na Bíblia que nos dão a definição de Deus para o amor. O verso mais conhecido é João 3:16: "Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." Então uma forma que Deus define amor é com o ato de dádiva. No entanto, o que Deus deu (quer dizer, "quem" Ele deu) não foi um simples presente embrulhado; Deus sacrificou Seu único Filho para que nós, os que colocamos nossa fé nEle, não passássemos a eternidade separados de Deus. Esse é um amor incrível porque somos nós que escolhemos permanecer separados de Deus através de nossos próprios pecados, mas é Deus quem conserta essa separação através de Seu grande sacrifício pessoal, e tudo que precisamos fazer é aceitar esse presente. 


 Amados: Dêem graças ao Senhor, porque ele é bom. O seu amor dura para sempre!
Salmos 136:1

Deus é amor! Assim sendo, verdadeiro amor—o amor de Deus—pode ser resumido na seguinte passagem das Escrituras:

"Amados, amemos-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus, e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus em nós, em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. Nisto consiste o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou, e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós, também, amar uns aos outros." (1 João 4:7-11)

Se você quiser conhecer esse amor – amor verdadeiro – conheça a Deus. Ele está pronto para derramar Seu amor em você, e quer ensiná-lo a amar os outros do jeito que Ele o ama. 

quarta-feira, 23 de abril de 2014

O Justo Juízo de Deus (Romanos 2:1-16)


-- Lendo as fortes palavras do final do capítulo 1, alguns cristãos – especialmente judeus – poderiam ser tentados a concordar com Paulo e condenar “aqueles pecadores” que praticam e aprovam coisas dignas de morte. Esses religiosos facilmente lamentariam o estado depravado dos outros, sem perceber que estavam no mesmo lamaçal do pecado. Nos capítulos 2 e 3, Paulo afirma que o problema do pecado é universal, atingindo igualmente judeus e gentios.

O Perigo de Auto-Justiça

É muito fácil enxergar e condenar as falhas dos outros. O homem que confia na sua própria justiça não reconhece a sua própria necessidade da graça de Deus (1-4). Durante o seu ministério na terra, Jesus batalhava contra a arrogância e auto-justiça de seitas como os fariseus (veja Mateus 23:27-28). Paulo, um ex-fariseu, agora luta contra o mesmo orgulho religioso de seus compatriotas.

A auto-justiça traz conseqüências gravíssimas. Quando a pessoa recusa a ajuda oferecida por Deus, não há outro remédio. Vai caminhando para a morte, incapaz de se livrar dos laços da iniqüidade. Tal pessoa acha algum conforto em ver os pecados maiores dos outros, e não reconhece que o Deus justo rejeitará todos que praticam a injustiça (5-11).

A Justiça de Deus

Ao mesmo tempo que Paulo tira as desculpas das pessoas que se julgam boas, ele oferece esperança. Deus oferece a glória, honra, incorruptibilidade e paz (7,10). Mais adiante explicará melhor as condições para receber essas bênçãos (veja 3:24; 4:16; 5:2; 6:14; 11:6; etc.). Por enquanto, ele simplesmente se refere à bondade, à longanimidade e à tolerância de Deus para com os arrependidos (4). A esta altura, ele enfatiza a igualdade de judeus e gentios. Os pecadores de qualquer nação serão condenados, e os justos de qualquer povo serão glorificados. Deus julgará cada um conforme os seus atos (6), e não mostra acepção de pessoas (11).

A Igualdade de Judeus e Gentios

Os judeus confiaram na lei que Deus lhes deu por intermédio de Moisés. Por terem recebido essa revelação especial, acharam-se superiores aos gentios. Mas possuir a lei não salva. Ser ouvinte da lei não salva. Para serem justificados, teriam de obedecer à lei. Paulo ainda mostrará que nenhum judeu obedeceu a lei perfeitamente. Aqui ele ousa dizer que um gentio que respeite os princípios de justiça, mesmo não tendo a lei escrita, seria aceito por Deus. Tal afirmação seria, para muitos judeus, praticamente blasfêmia! Para apreciar a importância e a necessidade do evangelho, é preciso primeiro descartar falsas bases de confiança. O homem que confia em sua própria justiça não será salvo. A pessoa que se acha segura por fazer parte do povo “escolhido” sofrerá uma grande decepção. Cada um será julgado – não por ser judeu ou gentio – mas de acordo com seu procedimento. O julgamento será feito por um Deus onisciente, usando como base o mesmo evangelho pregado por Paulo (16; João 12:47-48).

O Justo Juiz

Com Deus, não há acepção de pessoas. Pedro entendeu esse fato quando pregou, pela primeira vez, aos gentios (Atos 10:34). Aqui, Paulo reafirmou a mesma verdade quando falou da necessidade universal do evangelho (11). Deus é um juiz justo. Cabe ao homem se conformar com a vontade do Senhor.

– Por Dennis Allan - Fonte: http://www.estudosdabiblia.net/romanos4.htm

Como ser uma pessoa bem-humorada.

  •  Quinze dicas práticas para treinar o bom humor e colocá-lo em prática na vida.

    Pessoas bem-humoradas são mais interessantes, conquistam com maior facilidade seus objetivos, pois parecem “abrir portas” com a sua alegria e simpatia. O senso de humor é ainda primordial para a superação das dificuldades da vida.
    Segundo o psiquiatra Teng Chei Tung, do hospital das Clínicas de São Paulo “Você precisa de tristeza e de alegria para ter um convívio social adequado. A alegria favorece a integração e a tristeza propicia a introspecção e o amadurecimento”.
    Se você não é naturalmente uma pessoa bem-humorada, a boa notícia é que pode fazer um treinamento e se esmerar nisso. Observe essas dicas:
    1- Se você tem dificuldades com o seu humor saiba que isso pode ser hormonal; um bom início é procurar um médico.
    2- Cuide da sua alimentação; uma dieta saudável ajuda na sua disposição, energia e, claro, melhora o seu humor. Uma reeducação alimentar é fundamental para o seu bem-estar.
    3- Pratique exercícios, atividades físicas estimulam a produção de endorfina, um tipo de neurotransmissor associado ao bem-estar.
    4- Durma bem, o sono é um ótimo antídoto para a irritabilidade que detona qualquer boa sensação no dia.
    5- Cultive a sua autoestima; valorize-se, comemore suas conquistas e seja menos exigente com você.
    6- Procure encontrar motivos para rir; vale filmes, teatro, programas de TV, enfim, observe o que provoca o seu riso e cultive esses hábitos. Faça o que lhe dá prazer.
    7-Seja uma pessoa mais flexível, saiba encontrar o lado bom das coisas e divida suas boas impressões com as pessoas que rodeiam você.
    8-Conviva com pessoas alegres, de alto-astral e que incentive o seu bom humor.
    9- Não leve as coisas tão a sério; claro que não se pode brincar com tudo, mas excesso de preocupação, inquietude e angústia não ajudam em nada.

    10-

    Experimente rir de você mesmo e das coisas do dia a dia; busque o lado cômico das pequenas coisas da sua rotina.

    11-

    Busque o lado engraçado dos acontecimentos inesperados também; uma atitude desastrada ou mesmo um tombo podem ser motivo de riso, desde claro, que aconteça com você mesmo.

    12-

    Cultive bons pensamentos, alimente boas ideias, pense positivo e coloque isso em prática, ou seja, manifeste boa disposição e ânimo.

    13-

    Freie as reclamações, não lamente os acontecimentos negativos; diante de dificuldades gaste suas energias no sentido de solucioná-las.

    14-

    Desenvolva empatia com as pessoas, procure ser uma pessoa sociável e simpática; compreenda os que rodeiam você e tenha uma visão positiva delas.

    15-

    Lembre-se que ninguém consegue mudar de uma hora para outra, mas qualquer um pode iniciar um treinamento no sentido de alcançar o objetivo a que se propõe. Por isso, persista!


    Suely Buriasco

6 dicas de atos diários de amor ao cônjuge que ensinam os filhos por exemplo.

  •  Ensine seus filhos pelo exemplo com pequenos atos diários que demostram amor ao seu cônjuge.
  • Criar filhos não é tarefa fácil, e nem existe uma “receita pronta e perfeita" a ser seguida que se aplica a todo mundo. Filhos têm personalidades diferentes, famílias são diferentes e situações que acontecem em uma família não necessariamente acontecem em outras. Mesmo sabendo tudo isso, sabemos também que uma das maneiras mais eficazes de ensinar nossos filhos é pelo exemplo. O fato deles estarem vivendo conosco e observando nossas ações diariamente, ano após ano, faz com que as coisas que fazemos sejam absorvidas por eles mais do que qualquer conversa ou bronca.
    Por essa razão, o nosso relacionamento com nosso cônjuge influencia muito a vida dos nossos filhos. Ao observar o tipo de relação que temos, nossos filhos estão decidindo involuntariamente o tipo de relação que eles querem ter no futuro. Um casal que passa para os filhos constantemente a ideia que tem um relacionamento feliz e estável também faz que seus filhos sejam mais confiantes neles mesmos e respeitem mais os seus pais.
    Pequenos atos diários, quando constantes e verdadeiros, cumprem muito bem esse papel de ensinar nossos filhos pelo exemplo. Algumas dicas de atos que você e seu cônjuge podem decidir incluir na sua rotina são:

    1. Nunca falem mal um do outro

    Nós devemos ser sempre e em qualquer situação os maiores defensores do nosso cônjuge. Criticar ou apontar defeitos, especialmente na frente dos outros, é uma maneira de trair a confiança da pessoa que, mesmo que imperfeita, deveria ser a mais importante das nossas vidas. Falar mal na frente das crianças, então, 100% proibido! Frases como: “Seu pai nunca cumpre horários” ou “Sua mãe demora muito para se arrumar” devem ser banidas do vocabulário da casa.

    2. Digam constantemente que se amam

    Isso não é muito difícil. Você não precisa se esforçar para fazer uma declaração romântica na frente das crianças ou adolescentes todos os dias. Uma simples despedida como: “Bom trabalho, querido! Amo você.” já cumpre bem o papel.

    3. Se importem com a opinião um do outro

    Mostre para seus filhos que vocês se importam com que o outro membro do casal pensa de você. Uma mãe que fala: “Seu pai vai chegar em casa daqui a pouco! Melhor eu subir e colocar um batom.” Ou um marido que ao se arrumar pergunta para um filho: “Você acha que sua mãe vai gostar dessa camisa? Vai me achar bonito?” mostra para os filhos o quão importante vocês ainda são um para o outro.

    4. Não discutam ou resolvam problemas na frente dos filhos

    O casal não vai concordar sempre em tudo, mas não significa que os filhos precisam saber disso. Mostrem sempre unidade quando se mostra necessário, use frases como: “Se sua mãe disse que você não pode ir, é por que não pode” e resolvam os problemas e desavenças quando estiverem sozinhos. Apoiem as decisões um do outro.

    5. Demostrem afeto um pelo outro

    Não é por que vocês estão casados há anos que a época de namoro precisa acabar. Filhos adoram ver os pais apaixonados um pelo outro. Se vão assistir televisão, sentem-se um ao lado do outro no sofá e fiquem de mãos dadas. Sempre recebam um ao outro com beijos ao chegar em casa ou se encontrarem em algum lugar.

    6. Elogiem um ao outro

    Sempre aproveitem a oportunidade para elogiar seu cônjuge – seja para ele mesmo ou para seus filhos. E lembre-se: nunca subestime o poder de um elogio! Um elogio para o outro membro do casal vai fazer ele se sentir melhor e querer melhorar, mostrar para seus filhos como você ama seu/sua marido/esposa e de quebra vai fazer com que seu filho também admire essa qualidade na pessoa e tente desenvolvê-la também. Fale coisas como: “É ótimo viver com a sua mãe, ela é uma pessoa muito organizada”, ou ainda “Nossa, você parece tão cansado hoje! Obrigada por trabalhar tão duro, querido”. Essas frases ficam gravadas na mente do seu cônjuge e dos seus filhos. E ainda ajudam seu cônjuge a se esforçar para ser uma pessoa melhor. (Para mais dicas sobre esse último ponto, leia o meu artigo aqui no site chamado “Como uma esposa recém-casada deve agir”.
    Lembrem-se que nada demonstra mais amor do que verdadeira fidelidade e respeito para o seu cônjuge. Seus filhos e seu/sua marido/esposa precisam ter a certeza absoluta que você só tem olhos para ele/ela. Isso significa que olhar para outras mulheres na rua ou falar como aquele homem na televisão é lindo e atraente não devem ser coisas aceitáveis na sua casa. Se esforcem de verdade para que seus pensamentos, no que diz respeito a afeto ou a quem você acha atraente, sejam sempre focados apenas no outro membro do casal. Assim vocês vão estar demosntrando (muito mais do que apenas falando) para seus filhos o quanto seu relacionamento - e ao mesmo tempo, toda a sua família - são importantes para vocês.

Simony Parrela

Jornada de Decisões.

Na sua Jornada com Deus, você tem que tomar três posições:
Vamos conhecer a vida de um  joven que foi determinados em suas posições.

ESCOLHAS QUE FAZEM A DIFERENÇA...  Daniel 1: 3-21

1º Posição são as nossas escolhas. Daniel 1:8  Mas, Daniel decidiu no coração não se poluir com as iguarias do rei e com o vinho que bebia. E ele persistiu em solicitar do principal oficial da corte que lhe [permitisse] não se poluir.

Qual foi a escolha de Daniel?
Ele decidiu não  permitir que coisas que desagradavam a Deus fizessem parte de seu cotidiano.
 E Você tem agradado a Deus com suas posições?

Daniel se posicionou diante das escolhas que o mundo lhe oferecia.
Você tem se posicionado diante das escolhas que o mundo tem lhe oferecido?

A Palavra nos adverte quanto aos nossos desejos carnais, nossas vontades. 1 Pedro 4: 2 com o fim de viver o resto do [seu] tempo na carne, não mais para os desejos dos homens, mas para a vontade de Deus.

 Temos que mudar nossos habitos. Deus nos dá sabedoria quando buscamos na sua vontade:
Daniel 1:17  E no que se referia a estes mancebos, os quatro deles, a estes o [verdadeiro] Deus deu conhecimento e perspicácia em toda a escrita e sabedoria; e o próprio Daniel tinha entendimento de toda sorte de visões e sonhos.

 2º DECISÃO:  Requer mudar hábitos:
 Daniel 1:8  Mas, Daniel decidiu no coração não se poluir com as iguarias do rei e com o vinho que bebia. E ele persistiu em solicitar do principal oficial da corte que lhe [permitisse] não se poluir.

Deus honrara a sua atitude de persevera no desejo de agradar a Deus, obedecendo a sua Palavra.

3º Determinação:  Antes de qualquer decisão ore, busque a Deus e conselhos de amigos que também buscam andar na vontade de Deus.
Daniel sabia o que ele queria.

Daniel 1: 19-21 19 E o rei começou a falar com eles, e dentre todos eles não se achou nenhum igual a Daniel, Hananias, Misael e Azarias; e eles continuaram de pé perante o rei. 20 E quanto a todo assunto de sabedoria [e] de compreensão sobre que o rei os consultou, ele até chegou a achá-los dez vezes melhores do que todos os sacerdotes-magos [e] os conjuradores que havia em todo o seu domínio real. 21 E Daniel continuou até o primeiro ano de Ciro, o rei.

 E você sabe o que você quer perante DEUS?
Para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deus.
1 Pedro 4:2
Para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deu
1 Pedro 4:2


Saber esperar o tempo determinado pelo Senhor faz a diferença entre obter a vitória ou sofrer amargas consequências. 
Deus pode nos prometer algo, mas isso não significa que ele o vai cumprir hoje, amanhã ou depois. 
Tudo acontecerá no tempo determinado. 

 Que o nosso Grandioso e Poderoso DEUS, nos fortaleça nos aenç e nos proteja de todo o mal. Amém.
E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar.
Daniel 1:8
E disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, e da linhagem real e dos príncipes,

Jovens em quem não houvesse defeito algum, de boa aparência, e instruídos em toda a sabedoria, e doutos em ciência, e entendidos no conhecimento, e que tivessem habilidade para assistirem no palácio do rei, e que lhes ensinassem as letras e a língua dos caldeus.

E o rei lhes determinou a porção diária, das iguarias do rei, e do vinho que ele bebia, e que assim fossem mantidos por três anos, para que no fim destes pudessem estar diante do rei.

E entre eles se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias;

E o chefe dos eunucos lhes pós outros nomes, a saber: a Daniel pôs o de Beltessazar, e a Hananias o de Sadraque, e a Misael o de Mesaque, e a Azarias o de Abednego.

E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar.

Ora, Deus fez com que Daniel achasse graça e misericórdia diante do chefe dos eunucos.

E disse o chefe dos eunucos a Daniel: Tenho medo do meu senhor, o rei, que determinou a vossa comida e a vossa bebida; pois por que veria ele os vossos rostos mais tristes do que os dos outros jovens da vossa idade? Assim porias em perigo a minha cabeça para com o rei.

Então disse Daniel ao despenseiro a quem o chefe dos eunucos havia constituído sobre Daniel, Hananias, Misael e Azarias:

Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias, e que se nos dêem legumes a comer, e água a beber.

Então se examine diante de ti a nossa aparência, e a aparência dos jovens que comem a porção das iguarias do rei; e, conforme vires, procederás para com os teus servos.

E ele consentiu isto, e os experimentou dez dias.

E, ao fim dos dez dias, apareceram os seus semblantes melhores, e eles estavam mais gordos de carne do que todos os jovens que comiam das iguarias do rei.

Assim o despenseiro tirou-lhes a porção das iguarias, e o vinho de que deviam beber, e lhes dava legumes.

Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos.

E ao fim dos dias, em que o rei tinha falado que os trouxessem, o chefe dos eunucos os trouxe diante de Nabucodonosor.

E o rei falou com eles; e entre todos eles não foram achados outros tais como Daniel, Hananias, Misael e Azarias; portanto ficaram {assistindo}) diante do rei.

E em toda a matéria de sabedoria e de discernimento, sobre o que o rei lhes perguntou, os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos astrólogos que havia em todo o seu reino.

E Daniel permaneceu até ao primeiro ano do rei Ciro
Daniel 1:3-21

domingo, 16 de março de 2014

Adquirimos comunhão com Deus a partir dos desafios... Desafio lançando a palavra!!

  • “o teu servo matou tanto o leão como o urso; este incircunciso filisteu será como um deles…” (I Samuel 17.36).

  • Os desafios de Deus para o homem tem por função prepará-lo para uma vitória maior, todas as vezes que aceitamos os desafios nós crescemos, todas as vezes que aceitamos os desafios nós amadurecemos e nos parecemos mais com Jesus...
video

 Desafios, trazem crescimento, comunhão e certeza de vitória, e convicção da salvação.  Os nossos desafios são base para a nossa vida Cristã, sem desafios não somos completos e não seremos aprovados, pois só é aprovado aquele que durante seus dias, são testados e se preparam para o maior de todos os desafios.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Oito lições para evitar que a rotina mine seu relacionamento...

O beijo de boa noite e um olhar de admiração mantêm a união do casal

O início de um relacionamento é uma das etapas mais prazerosas da vida a dois. Descobrir o outro e curtir cada segundo juntos é uma delícia. Mas, passada a fase da euforia, a maioria dos casais esquece até de dar um simples beijo de boa noite. Isso é o que diz uma pesquisa realizada pelo impresso Daily Mail, do Reino Unido. O levantamento aponta que 80% dos casais vão dormir sem esse gesto de carinho. Com o tempo, o afastamento torna-se inevitável. A mesma pesquisa apontou que os parceiros que não se beijavam antes de dormir também eram aqueles que dormiam de costas para o outro. Segundo a psicóloga Marina Vasconcellos, de São Paulo, a rotina pode ser a culpada, mas a falta de contato físico também pode ser um sinal de que a relação não está indo bem. O fato é que não dá para deixar o carinho e o afeto em segundo plano. Antes que o seu relacionamento perca a graça, lance mão de oito lições para reacender a chama que está se extinguindo.


Tire a televisão do quarto

Se for para assistir um filme de conchinha sob as cobertas vá lá, mas em outras situações a televisão pode ser inimiga da sua intimidade. "O hábito de assistir televisão sempre antes dormir, além de diminuir a qualidade do sono, dificulta o diálogo e o casal - por dormir em momentos diferentes - acaba até esquecendo do beijo de boa noite", conta a psicóloga Marina. Por isso, televisão só na sala.

Trabalho tem limite

Em um mundo perfeito, você chegaria em casa e teria todo o tempo disponível para cuidar do seu parceiro. Mas na realidade nem sempre é assim. "Hoje em dia, o trabalho suga o tempo pessoal mesmo, principalmente se você gerencia seu próprio negócio", explica Marina Vasconcellos. A especialista recomenda que haja bom senso e compreensão. "Bom senso para saber a hora de parar de trabalhar, e compreensão do parceiro quando a hora extra for necessária".

Restrinja o uso do computador

Você gasta as horas que tem para passar com o seu amor na frente do computador? Então há algo fora de ordem. Redes sociais, bate-papo e até games podem gerar um vício difícil de romper. Mas você não precisa erradicar essas modernidades da sua vida, basta limitar o uso. A psicóloga Marina Vasconcellos recomenda que seja colocado um horário de uso que não tome todo o seu tempo livre e ainda permita que você se dedique ao relacionamento.

Interesse e admiração

"Olhar para o companheiro e sentir orgulho de suas conquistas, características, forma de se vestir e maneiras de resolver problemas é uma das maneiras de manter o relacionamento vivo", recomenda a psicóloga Milena Lhano, especialista em atendimento de casais. Busque sempre esse olhar de admiração em relação ao parceiro e não deixe nunca de se surpreender com o seu amor.

Conversa com hora marcada

Marina Vasconcellos conta que o diálogo com hora marcada é um exercícios comumente feito na terapia de casal. "Sem nenhuma influência externa, os parceiros sentam um de frente para o outro e esperam para ver o que vai acontecer", explica a especialista. A atitude reforça a intimidade do casal e pode gerar o diálogo até em casos mais complicados. Em casa, o casal pode fazer isso durante a refeição ou antes de dormir, por exemplo.

Todo dia um carinho

Um "bom dia" ou um beijo de boa noite. Gestos simples que mantêm o cuidado da relação em dia. "Essa demonstração de afeto é simples, mas significa muito: carinho e respeito", conta a psicóloga Marina.

Planos em comum

Uma viagem, uma casa ou até mesmo um filho. Traçar planos em dupla, além de ser uma delícia, é uma forma eficiente de manter o casal olhando na mesma direção. "Essa atitude é importantíssima não apenas para que o casal construa um futuro em comum, mas para mantê-lo caminhando com um mesmo destino, unido", conta Milena Lhano.

Alinhe os valores

Alinhar conceitos pessoais é uma das tarefas mais difíceis de um relacionamento. É importante saber respeitar e conviver com as diferenças dentro de um relacionamento. Existe o respeito à família, trabalho, opinião, ritmo e questões que são importantes para o outro. Mas lembre-se que para respeitar a opinião alheia, você não precisa abrir mão da sua. Mas quando os valores são muito diferentes, é complicado estabelecer uma relação harmônica - essa situação pode até inviabilizar a relação. Nesses casos, vale pesar a dificuldade da relação e o quanto se quer estar junto. "Um relacionamento longo é um exercício de amor e tolerância - o desejo de mudar o outro é uma ilusão", orienta a psicóloga Marina.

Por Manuela Pagan/ Yahoo.

domingo, 26 de janeiro de 2014

Deus é Maravilhoso... “Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito…”

Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra. (Salmos 91:11-12).
Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.
Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.
Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação. (Salmos 91:14-16)


JEOVÁ O DEUS DO IMPOSSÍVEL...


JEOVÁ SHALOM: Senhor nossa PAZ! Os que confiam NELE têm Paz no meio aos Temporais... Gideon, Paulo e Timóteo  confiavam... 

Juízes 6:24 Então Gideão edificou ali um altar ao SENHOR, e chamou-lhe: O SENHOR É PAZ; e ainda até o dia de hoje está em Ofra dos abiezritas.

Ora, o mesmo Senhor da paz vos dê sempre paz de toda a maneira.O Senhor seja com todos vós.
2 Tessalonicenses 3:16


JEOVÁ NISSI: Minha Bandeira. Moisés declarava, pois ele conhecia a DEUS...

“Moisés edificou um altar e lhe chamou: O SENHOR É Minha Bandeira.” (Êxodo 17.15)

JEOVÁ JIREH: O Senhor Proverá. Deus é provedor de todas as nossas necessidades... Abraão e  tinha fé e cria em DEUS. Segundo a sua PALAVRA DEUS É FIEL PARA NOS LIVRAR DAS TENTAÇÕES...

E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho. Assim caminharam ambos juntos.
Gênesis 22:8


E chamou Abraão o nome daquele lugar: o Senhor proverá; donde se diz até ao dia de hoje: No monte do Senhor se proverá.
Gênesis 22:14


Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.
1 Coríntios 10:13


JEOVÁ RAPHA : O Senhor que  nos cura da cabeça a planta dos pés...

1º Cura fisica.
2º Cura emocional.
3º Cura espiritual.

E disse: Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque eu sou o Senhor que te sara.
Então vieram a Elim, e havia ali doze fontes de água e setenta palmeiras; e ali se acamparam junto das águas.

Êxodo 15:26-27


Sara os quebrantados de coração, e lhes ata as suas feridas.
Salmos 147:3


Louvem o nome do Senhor, pois só o seu nome é exaltado; a sua glória está sobre a terra e o céu.
Salmos 148:13


JEOVÁ SHAMÁ – Deus Presente,Esta ALI. Nos conforta, está conosco nas horas difíceis...

“Dezoito mil côvados em redor; e o nome da cidade desde aquele dia será: O SENHOR Está Ali.” (Ezequiel 48. 35)


EL-SHADAY –  “‘El”, significa Deus e “Shadday”, significa “todo-poderoso”:  “Deus Todo-Poderoso”

“Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o SENHOR e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito.” (Gênesis 17. 1)

SHOMER DA LOT ISRAEL: Guardião dos portões de Israel. 
Ele Guarda você e o teu muro interior...

Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim.
Isaías 49:16



  “Aba, Pai” Como é bom saber que podemos chamar o nosso Deus de Pai: Paizinho.  ABA: PAI: Aquele que nos carrega no colo e cuida de nós...
“Aba, Pai” foi utilizada por Jesus Cristo no momento de sua morte quando suplicava a Deus, chamando-o de Pai, conforme descreve em:
Marcos, 14:36: “E disse: Aba, Pai, todas as coisas te são possíveis, afasta de mim este cálice, não seja, porém, o que eu quero, mas o que tu queres.”
Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.
Romanos 8:15
Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.
Salmos 103:13
Emanuel - "Deus Conosco" 

E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.
Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz;
Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.

Mateus 1:21-23

Emanuel ou Doce Presença, que nos inunda com seu amor e proteção.
Estamos no colo de um Deus que nos ama e que chora conosco, seca nossas lagrimas e nos protege em seus átrios com anjos, querubins e  serafins... 

Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.


Salmos 91:10-11

Por que foi necessário que Deus viesse viver com o homem?   Deus planejou desde o início dos tempos dar ao homem não só instruções, mas um modelo perfeito, nos deu seu próprio Filho, a quem o homem foi criado para copiar.  

 ELE veio servir-nos de modelo, ele teve de viver no mesmo mundo pecaminoso em que vivemos e enfrentar os mesmos desafios que enfrentamos. Para nos mostrar que é possível vivermos separados do pecado, assim venceremos o mundo e suas maledicências, mas precisamos estar focados no modelo de vida de JESUS O  Emanuel.  "Deus conosco."

E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados,
Apocalipse 1:5

"Bem aventurados os mansos, porque herdarão A TERRA"
"Bem aventurados os limpos de coração, porque VERÃO A DEUS"
"Bem aventurados os pobres de espírito porque deles é o REINO DOS CÉUS".



Você passaria pelo Crivo das Três Peneiras?

"A BOCA DO JUSTO É MANANCIAL DE VIDA, MAS A BOCA DO PERVERSO MORA A VIOLÊNCIA". Provérbios 10:11

Quando formos falar de alguém vamos nos perguntar se: É verdade? A Bondade?  A Necessidade?

1ª Peneira:  É verdade? Você tem certeza de que o que vai me contar é absolutamente verdadeiro?

2ª  Peneira: A Bondade. O que vai me contar, gostaria que os outros também dissesem a seu respeito?

3ª Peneira: A necessidade. Você acha necessário contar esse fato, se você passar adiante resolve alguma coisa? Ajuda a vida de  alguém? Melhora a vida de alguém?

Se passar pelas peneiras da verdade conte!

Pois todos serão beneficiados!

Caso contrario, esqueça, pois será somente mais uma fofoca para envenenar o ambiente e fomentar discórdia entre as pessoas.

Da próxima vez que você ouvir algo, antes de ceder ao impulso da fofoca, submeta-o ao crivo das três peneiras!

Vamos colocar essa lição em prática, pois assim teremos um mundo melhor e justo...

"AS PALAVRAS AGRADÁVEIS SÃO COMO FAVO DE MEL: DOCES PARA A ALMA E MEDICINA PARA CORPO". Provérbios 16:21

Quando surgir um boato por aí, submeta-o ao crivo das três peneiras: VERDADE, BONDADE e NECESSIDADE, antes de obedecer ao impulso de passá-lo adiante, pois:

“Pessoas inteligentes falam sobre ideias; pessoas comuns falam sobre coisas; e pessoas medíocres falam sobre pessoas.”

 

Examine-se!

“Refreia a língua do mal e os lábios de falarem dolosamente” (Salmos 34:13)

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

"Amor é bondoso" (1 Coríntios 14:4)

Outra característica do Amor é a Bondade. A palavra em grego para "bondade" é o verbo "chresteuomai" que é usada apenas aqui no Novo Testamento. Contudo, é usado muito poucas vezes, em duas outras formas. Um é o adjetivo "chrestos" enquanto o outro é o substantivo "chrestotes". "Chrestos" significa "bom, gentil, benevolente, benigno, ativamente benéfico apesar da ingratidão." Comsequentemente, "chresteuomai" significa mostrar sua própria bondade, isto é, ser gentil, bom, benévolo, mesmo que seja confrontado com ingratidão.

"O amor não é invejoso" (1 Coríntios 14:4)

A palavra "inveja" que é usada nesta passagem é o verbo grego "zeloo". O substantivo correspondente é "zelos". "Zeloo" e "zelos" são ambos usados no sentido bom e no mal. No bom sentido é usado no sentido de zelo, ardor. Assim, por exemplo, em 1 Coríntios 14:1 somos chamados a perseguir o amor, e desejar [zeloo] as coisas do espírito. Contudo, zelos e zeloo são mais usados no sentido negativo. Neste sentido zelos significa inveja, ciúme. Tiago 3:14-16 esclarece as consequências e fonte do ciúme:

Tiago 3:14-16 
"Mas, se tendes amarga inveja[zelos], e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade. Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica. Porque onde há inveja [zelos] e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa."

A fonte da inveja e do ciúme é a carne, a natureza antiga (veja também Gálatas 5:20). Quando há ciúmes, você se alegra quando eu sofro e sofre quando eu estou alegre, muito contrário do que a Palavra de Deus ordena (1 Coríntios 12:26). Ao contrário, e uma vez que o amor não é invejoso, quando você ama, você se alegra quando eu me alegro e sofre quando eu sofro.

iv) "O amor não vangloria" (1 Coríntios 14:4)

A palavra traduzida para "vangloriar" aqui é o verbo grego "perpereuomai" que significa "mostrar-se a si mesmo um leviano e fanfarrão". É o tipo de comportamento que continuamente diz: "Eu consegui, Eu tenho, Eu fiz,...etc." A palavra “eu” é frequentemente usada por tal pessoa. Como Cristãos às vezes fazemos o mesmo. Nós dizemos: "Eu fiz para o Senhor...", "Eu tenho orado muito", "Eu gastei muito tempo estudando a Bíblia hoje, "Eu sei disto e daquilo da Bíblia" significando que sou mais digno que você e que você provavelmente não fez “tudo aquilo”. Contudo, quando amamos de fato, não nos vangloriamos, porque reconhecemos que não há nada que nos faça diferente de qualquer outro irmão ou irmã da comunidade. Conforme 1 Coríntios 4:7 diz:

1 Coríntios 4:7 
"Porque, quem te faz diferente? E que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te glorias, como se não o houveras recebido?"

Tudo que temos nos foi dado por Deus. Não fizemos por merecê-los. É por isso que não temos o direito de vangloriarmos em coisa alguma ou de alguém senão do Senhor. Conforme 1 Coríntios 1:31 nos diz:

1 Coríntios 1:31 
"AQUELE QUE SE GLORIA GLORIE-SE NO SENHOR"

Gloriaremos-nos então de nossas habilidades, valor ou mesmo devoção? Se amamos não faremos isto. Porque, se amamos nos vangloriaremos no Senhor e Nele somente.

v) "O amor não se orgulha" (1 Coríntios 14:4)

Outra coisa que o amor não faz é se orgulhar. A palavra grega para "orgulhar-se" é o verbo "fusioo" que literalmente significa "vangloriar, esnobar, inchar". No Novo Testamente ele é usado 7 vezes, 6 delas em 1 Coríntios2. Em todos os casos ele é usado metaforicamente com o significado de orgulho. Uma característica desta palavra está em 1 Coríntios 8:1 onde lemos:

1 Coríntios 8:1-3 
"Ora, no tocante às coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que todos temos ciência. A ciência incha [fusioo], mas o amor edifica. E, se alguém cuida saber alguma coisa, ainda não sabe como convém saber. Mas, se alguém ama a Deus, esse é conhecido dele."

A ciência incha. Não estudamos a Bíblia apenas para adquirirmos ciência, mas para conhecermos a Deus que nos revela a Si mesmo na palavra. Conforme I João 4:8 diz: "Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." Sem amor não conheceremos a Deus mesmo se formos cheios de ciência da Escritura. Mais ainda, se a ciência permanece meramente como ciência e não é acompanhada pelo amor então o resultado é a soberba, tornando-se orgulhoso, o qual é bem contrário ao que é o amor.

vi) "O amor não maltrata" (1 Coríntios 14:5)

Outra coisa que amor não faz é comportar-se "maltratar". A palavra "rudemente" aqui é o verbo grego "aschemoneo" que significa "comportar-se de maneira indecente... agir com deformidade moral". Assim por exemplo em Romanos 1:27 o erro da homossexualidade é chamado "aschemosune" (o produto de "aschemoneo"). O amor então não se porta com imoralidade ou modos impróprios, e quando tal comportamento acontece tem apenas uma fonte: O homem velho.

vii) "O amor não busca interesses próprios" (1 Coríntios 14:5)

Algo mais que amor não faz é buscar seus próprios interesses. A frase "seus próprios" é o adjetivo grego "eautou". Existem muitos poucos lugares na Bíblia que nos instrui a não buscar nossos próprios interesses. Romanos 15:1-3 nos diz:

Romanos 15:1-3 
"Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos [eautou]. Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação. Porque também Cristo não agradou a si mesmo [eautou], mas, como está escrito: Sobre mim caíram as injúrias dos que te injuriavam."

Também 1 Coríntios 10:23-24 
"Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam. Ninguém busque o proveito próprio; antes cada um o que é de outrem."

Quando caminhamos no amor não buscamos agradarmos a nós mesmos, fazendo de nós o centro de nossas atividades (individualismo). Ao contrário, através do servir a Deus nós buscamos agradar os outros. Foi o que Jesus Cristo fez. Ele serviu a Deus no amor e não buscou sua auto-satisfação. Por isso que ele foi até a cruz. Conforme Filipenses 2:7-11 nos diz:

Filipenses 2:7-11 
"Mas [Jesus]esvaziou-se [eautou] a si mesmo [Greek: "esvaziar-se"], tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, [como consequência] também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai."

Jesus, por causa do amor que ele tinha por nós se esvaziou e foi à cruz por nossa culpa. Mas foi algo feito em vão que terminou em uma perda pessoal? NÃO. Ao contrário, por ele ter feito isto, Deus o EXALTOU. Da mesma forma, quando amamos colocamos de lado nossos interesses particulares, interesse de si mesmo, e damos nossa prioridade e atenção a Deus e nossos irmãos e irmãos de caminhada. Preciso deixar claro aqui que quando eu falo aqui de "interesses particulares" eu não quero dizer de nossas obrigações particulares, coisas que temos que cuidar como parte da vida. Em vez disso, estou falando mais sobre perder tempo em empreendimentos e hobbies que não trazem glória a Deus, mas apenas satisfaz a carne, o homem velho.
Ao dar prioridade não a si mesmo, mas a Deus e Seu povo o resultado não será uma perda pessoal, mas uma multidão de prêmios aqui e no céu. Conforme Cristo disse em João 12:25-26:

João 12:25-26 
"Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna. Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará. "

Também Marcos 10:29-30 
"Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna."

Quantos investimentos você conhece que te dá um retorno de CEM VEZES NESTE TEMPO? Exceto deixar de buscar nossos próprios interesses primeiro e buscas as coisas de Deus e de nossos irmãos e irmãs de caminhada eu não conheço nenhum. Para concluir: das duas uma, ou nos tornamos individualistas, alimentando a carne e suas vontades e perdemos tudo, ou amamos e, ao invés de cuidar primeiro de nossos próprios interesses, cuidemos das coisas de Deus e dos irmãos e irmãs de caminhada. Neste caso teremos um retorno de “cem vezes” do próprio Deus.

viii) "O amor não se ira" (1 Coríntios 14:5)

A palavra traduzida como “irar” aqui é o verbo grego "paroxuno" que literalmente significa "afiar por esfregar em qualquer coisa, para aguçar; para afiar, incitar, exasperar." O substantivo correspondente é a palavra "paroxusmos" a partir do qual deriva a palavra Inglês "paroxysm". É óbvio que provocação e raiva não podem coexistir com amor sincero, porque eles se opõem.

ix) "O amor não guarda rancor" (1 Coríntios 14:5)

A palavra “pensar” aqui é o verbo grego "logizomai" que significa "considerar". Significa literalmente "colocar tudo na mente, contar e ocupar a mente com considerações e cálculos3". Uma tradução mais apurada é dada pela Nova Versão Internacional (NVI) onde se lê: "o amor não guarda rancor", Isto é, o amor esquece rápida e permanentemente o mal que foi feito a ele. Às vezes pessoas no mundo trabalham anos planejando como vingar de alguém de as feriu. Contudo, quando caminhamos como novas criaturas, quando caminhamos no amor, então não guardamos os erros que fizeram contra nós, mas os perdoamos.

x) "O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade" (1 Coríntios 14:6)

A palavra "iniquidade" vem do grego "adikia". Seu significado é: "o que não se conforma com o certo, o que não devia ser; o que não deve ser por causa da verdade revelada, ou seja, errado, injustiça." Tudo que é contra a verdade é injusto. E em João 17:17, sabemos que a verdade é a Palavra de Deus, o que é contra a Palavra, é "adikia", injustiça. Assim, conforme esta passagem, o amor se alegra com a verdade, a Palavra de Deus.

xi) "Amor tudo sofre" (1 Coríntios 14:7)

A palavra "sofrer" é o verbo grego "stego". Uma característica usual desta palavra está em 1 Coríntios 9:12 onde lemos que sua em sua missão, apesar de suas grandes responsabilidades, Paulo preferiu não usar do direito de "viver do evangelho" (1 Coríntios 9:14) mas "sofrer” [stego] todas as coisas para que [Paulo e seu grupo] não sejam obstáculos ao evangelho de Cristo. "Eles sofreram tudo por causa do evangelho de Cristo, e eles fizeram por amor, pois o amor tudo sofre, tudo suporta.

xii) "O amor tudo crê" (1 Coríntios 14:7)

A palavra "acreditar" vem do verbo grego "pisteuo" que ocorre 246 vezes no Novo Testamento. Biblicamente falando acreditar significa crer no que Deus revelou em Sua Palavra ou através das manifestações do Espírito Santo4 (o qual quem quer que seja deve estar em acordo com a Palavra Escrita). O amor, então acredita que tudo que Deus diz, seja na Palavra ou pela manifestação do Espírito.

xiii) "O amor tudo espera" (1 Coríntios 14:7)

Outra coisa que a Palavra de Deus nos fala é que amor espera tudo. Outra vez a expressão "todas as coisas" tem que ser tomada dentro de um contexto mais geral da Palavra de Deus. Assim como em crer também com esperar a referência é focada em tudo o que a palavra de Deus diz. O amor, portanto, espera todas as coisas que foram definidas por Deus como realidades futuras, assim como coisas que devemos ter esperança. O mais óbvio disto é claro, a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

xiv) "O amor tudo suporta" (1 Coríntios 14:7)

Finalmente aprendemos que o amor suporta "tudo". A palavra "suportar" aqui é o verbo grego "hupomeno". Seu significado é semelhante de "makrothumeo" (para sofrer) que nós analisamos anteriormente. A diferença entre eles é que "enquanto hupomeno se refere a resposta de alguém em face a uma circunstância, denotando perseverance diante as dificuldades, makrothumeo se refer a resposta de alguém para as pessoas, denotando paciência de faltas e até mesmo provocações de outros sem retaliação.5". O amor então, além de ser muito paciente com as pessoas (makrothumeo) é também muito paciente com as circunstâncias (hupomeno). Ele espera pacientemente sem cair em desespero.
Para encerrar esse artigo vamos ler novamente 1 Coríntios 13:4-7

1 Coríntios 13:4-7 
"O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."

E conforme Colossenses 3:12-14 nos diz:
"Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição."

Tassos Kioulachoglou